E assim nasceu Paris ⚜️

Ola pessoal, vocês sabem como foi o início da cidade de Paris?

É uma história incrível e eu vou contar para vocês o início de tudo, aquele comecinho, pois se for contar a história toda esse post não acaba tão cedo!

Então vamos logo viajar no tempo, vem comigo!

O primeiro povoamento conhecido de Paris é da cultura chasseana (entre 4 000 e 3 800 a.C.), sobre a margem esquerda dum antigo braço do Sena dentro do 12º arrondissement de Paris.

A presença humana lá parece ter sido contínua durante o Neolítico. Os restos duma aldeia no Bairro Administrativo de Bercy, parte do 12º arrondissement, foram recuperados e datados por volta de 400 a.C. — notavelmente uma embarcação presa nos lamaçais que lá na época havia e atualmente exposta no Museu Carnavalet.

Antes da chegada dos romanos, viviam aqui os Parísios foram um povo celta da Idade do Ferro que vivia nas margens do rio Sena, na Gália em meado do século III a.C.até a Era Romana.

Com os Suessiões, os Parísios participaram do levante geral de Vercingetórix contra Júlio César em 52 a.C. Sua principal cidade (Ópido) estava na localidade de Lutécia, que se tornou posteriormente na importante cidade da província Romana de Gália Lugdunense e, por último, na moderna cidade de Paris (o nome Paris deriva de Parísios).

No ano 1 da era cristã, os romanos chegaram à Paris, e criaram um povoado chamado de Lutécia.

A cidade romana foi construída, segundo um mapa de grade ortogonal datado do século I, sobre a margem esquerda. Lutécia, como a chamavam os romanos, provavelmente não tendo mais que cinco a seis mil habitantes em seu apogeu, não era mais que uma vila modesta do mundo romano, que contava, no século II, com 50 000 a 80 000 habitantes. Mesmo assim, Lutécia contava com um fórum, palácios, banhos, templos, teatros, e um anfiteatro.

Logo descobriram que no subsolo havia esta rocha excelente para ser talhada. Começaram a edificar uma vila com termas, templos e arena, feitos à base desta pedra, que passou a ser conhecida como “Calcaire de Lutétien”.

À partir da idade média, e pelos próximos 1200 anos a cidade de Paris foi sendo construída com estas pedras, desde a catedral de Notre Dame, a Ponte Neuf, que é a primeira ponte de pedra de Paris e ela liga a margem direita à margem esquerda até prédios públicos e particulares, conferindo à cidade seu aspecto tão peculiar.

Com isso, as pedreiras subterrâneas se transformaram em um enorme sistema de túneis em forma de labirinto, que até hoje ninguém sabe ao certo o tamanho, mas que está na ordem de muitas dezenas de quilômetros.

Assim, Paris se situa em cima de um enorme “oco”, que já resultou algumas vezes no passado em desabamentos de quarteirões inteiros, deixando os túneis à céu aberto.

Lá pelo final do século 18, a cidade crescia em um ritmo vertiginoso, e seus muitos cemitérios ocupavam uma área imensa, causando problemas sanitários, já que as carcaças desenterradas para dar lugar à outras eram simplesmente jogadas perto dos muros, causando um insuportável fedor de carniça.

Além disso, era cada vez mais necessário espaço para construir novos prédios, e os cemitérios eram um impedimento, pois além dos cemitérios de campo, cada igreja possuía também o seu próprio cemitério, e em Paris existe uma igreja em cada esquina.

Assim, algum iluminado teve a boa ideia de matar dois coelhos: transferir 6 milhões de ossadas acumuladas em dois mil anos de história para dentro das pedreiras abandonadas, ao mesmo tempo que uma obra de manutenção do sistema de túneis, com a construção de pilastras de sustento, fosse levada a termo para evitar novos acidentes de desabamento e daí nasceram as famosas Catacumbas.

Você sabe como é o subsolo de Paris? Olhe!Bem, a partir disso a história vai se formando, muitas batalhas, invasões, pessoas queimadas vivas até chegar aos dias atuais e ser a Paris que conhecemos.Espero que esse post tenha sido interessante para você!

Beijos e à bientôt ! 😘

Vanessa 🌻

Agradecimento especial a José Ferreira pelas dicas fornecidas! 

3 comentários sobre “E assim nasceu Paris ⚜️

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s