A Fazendinha da Maria Antonieta 🌻

Bonjour Pessoal, tudo bem?

Vocês já ouviram falar da Fazendinha da Maria Antonieta em Versailles ?Muitos nunca ouviram falar, são realmente pouquíssimas pessoas que visitam o Palácio e vão até a Fazenda, infelizmente, pois é lindo, mas hoje vou falar sobre ele para vocês, vem comigo!Além do Palácio de Versailles ser enorme, com diversas atrações a explorar, como os seus belos jardins, o Petit Trianon e o espetáculo de luz e som das fontes, existe uma fazendinha que faz parte de Versailles e guarda uma importante história.O Hameau de la Reine, ou a Vila da Rainha, é uma área localizada perto do Petit Trianon, o pequeno palácio presenteado a Maria Antonieta pelo Rei Louis XVI, que por sua vez ficava a poucos quilômetros do Palácio de Versalhes.Toda a área que vai desse ponto, passando até essa vila, é chamada de Domaine de Marie Antoinette. Esse era o verdadeiro lar da Rainha da França.Você se lembra da Maria Antonieta?

Vou falar um pouco sobre ela.De origem austríaca, Maria Antonieta saiu do Palácio de Schӧnbrunn em Viena, Áustria, aos 14 anos para se casar com o príncipe da França.Quando completou 18 anos, seu marido assumiu o trono do país, fazendo dela a Rainha da França no ano de 1774. Como a corte em Versalhes era muito rígida em termos de etiqueta e protocolo, e como ela era constantemente avaliada pelos nobres e pelo povo – que nunca a aceitou completamente por ser estrangeira – ela se refugiou no Petit Trianon, erguido originalmente para Madame de Pompadour, amante do Rei Louis XV.

Tratava-se de um pequeno palacete a cerca de 2km do Palácio de Versailles .Na extensão de seus jardins, o vasto terreno conhecido como fazendinha, o Petit Hameau, passou a ser o lugar ideal para Maria Antonieta levar uma vida mais simples ligada à natureza. Ali, ela passava vários dias com seus filhos e amigos mais próximos.Maria Antonieta se encantou pelo local, que, de acordo com a tendência de certos intelectuais da época, levou a rainha a seguir a linha naturalista inspirada por Rousseau, influente filósofo francês. O local era, na realidade, uma fazenda com diversos animais, lagos, moinho, jardins rústicos e um local privado para a Rainha repousar, onde ela podia ficar mais à vontade, inclusive usando vestimentas campestres.Foi construída entre 1783 e 1787, inspirada nas pinturas de Hubert Robert e concebida pelo Richard Mique, que viria a morrer na guilhotina depois de tentar salvar a vida da rainha.Eu conheci a fazendinha desde a primeira vez que estive na França (em 2010) e me encantei!É bem rústico, uma fazendinha mesmo, porém linda, tem lago, animais, as casas no estilo da região da Normandia, uma delicia de lugar, realmente era um refúgio do luxo e dos protocolos do Palácio, mas na época estava precisando de uma reforma urgente, estava realmente muito deteriorado.Mas não nos esqueçamos que ainda estamos em Versailles , mesmo se o exterior da pequena aldeia é de aspecto rústico, no seu interior, todo o conforto está presente.As casas são construídas em redor de um grande lago, a quinta encontra-se um pouco recuada. Nada estava colocado ao acaso, a rainha soube fazer-se acompanhar por pintores para a aconselhar.E a novidade é boa, a Fazendinha finalmente entrou em reforma em 2013, por ninguém menos que a Maison Dior e ela abriu suas portas ao público dia 12 de maio 2018.A marca de moda do grupo LVMH financiou 5,5 milhões de euros para a restauração da “maison de la Reine”,Esta parceria é uma entre várias iniciativas que têm juntado as duas marcas francesas. A Dior filmou nos jardins do palácio uma das suas coleções, por exemplo.Esta restauração permitiu abrir ao público, pela primeira vez em dois séculos, os apartamentos da Rainha, que foram completamente remodelados.Antes da reforma o público tinha autorização para entrar no Hameau e andar em torno da casa e hoje, podemos também conhecer o interior da romântica casinha onde Marie Antoinette escapava da rígida etiqueta da corte. Mas a entrada na casinha só é possível em visita guiada e organizada pelo Castelo. O acesso ao Hameau continua liberado.

Dicas:

➡️ Para visitar essa atração é preciso comprar o bilhete que dá direito a ingressar no local. Esse bilhete pode ser comprado na hora na bilheteria do palácio, onde escolhemos quais atrações queremos visitar.

➡️Dá para ir a pé a partir da entrada do palácio, mas é uma boa caminhada, tem a opção do trenzinho que sai de traz do palácio de Versailles e assim pode aproveitar mais tempo o passeio no dominio da Maria-Antonieta. O trenzinho custa 6€ e você pode pegar quantas vezes quiser durante o dia.

➡️ Se você for apenas no dominio da Maria-Antonieta, dá para comprar ingresso diretamente no Petit ou no Grand Trianon e assim você não precisa pegar a enorme fila para comprar o ingresso do Palacio de Versailles. Neste caso você entra direto pelos jardins (olhando para o palacio, a entrada dos jardins fica à esquerda). O acesso aos jardins durante a semana é gratuito. O ingresso do trem você compra no guichet que fica na frente da parada do trem.

➡️ Se a temperatura permitir, é uma delicia sentar nos gramados do lado de fora do Petit e Grand Trianon para um piquenique ou apenas para curtir o sol e a linda paisagem. É um lugar perfeito para o almoço ou lanche dos pequenos.

➡️ Reserve um dia inteiro para o Château de Versailles, tem muita coisa para ver!

➡️Se vc quiser visitar tudo e não tiver ingresso, evite a fila pegando uma saída à direita, depois de passar os portões principais. Ali vc vai ver um restaurante anexo a uma loja de souvenirs. Ali você pode comprar os ingressos (pelo mesmo preço) sem pegar fila nenhuma. E se quiser almoçar mais tarde, a refeição é boa e os preços são honestos!

Para mais informações sobre os tipos de ingressos e valores, consulte o site oficial:

http://www.chateauversailles.fr

Então Pessoal, espero que tenham curtido o passeio e não percam a oportunidade de conhecer pessoalmente esse cantinho especial em Versailles !

Beijos 😘

Vanessa 🌻

Fontes – https://letouristeblog.com

Um comentário sobre “A Fazendinha da Maria Antonieta 🌻

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s