As Relíquias de Jesus Cristo espalhadas pela Europa! ⚜️

Olá Pessoal, hoje vou falar de um tema muito interessante, as inúmeras relíquias de Jesus Cristo espalhadas pela Europa.
Eu mesma já tive a oportunidade de ver a que está na Igreja de Notre Dame em Paris, você sabe qual é? Então, vem comigo!⚜️Primeiramente uma visão histórica e crítica da questão
Uma relíquia é um objeto preservado para efeitos de veneração no âmbito de uma religião ou culto, sendo normalmente uma peça associada à história da referida religião, culto ou seita. Podem ser objetos pessoais ou partes do corpo de um santo ou personagem sagrado.O culto das relíquias atingiu o seu máximo na religião budista e em várias denominações cristãs, como o catolicismo. As relíquias são usualmente guardadas em receptáculos próprios chamados “relicários”. Na grande generalidade das religiões protestantes, a veneração de relíquias é desaprovadaDurante a Idade Média e o período de construção de grandes catedrais europeias, o culto das relíquias atingiu o seu auge.
Nesta altura, a edificação e manutenção de uma catedral era custeada sobretudo através de donativos da congregação. A importância eclesiástica de uma diocese, bem como a sua capacidade de atrair novos fiéis e peregrinos, era muitas vezes dependente da quantidade e qualidade de relíquias que eram exibidas para veneração.Foi durante o período da construção da Catedral de São Pedro, no Vaticano, quando a Igreja começou a vender indulgências, também percebemos a enorme polêmica da venda de relíquias santas. De acordo com historiadores do período medievo há um escândalo:
➡️A quantidade de pedaços de madeira sendo vendidos como “lascas da cruz de Cristo” seria possível construir um navio de 22 pés de comprimento;
➡️Havia em igrejas e capelas mais de 17 fêmures de jumentinhos que teriam ajudado Jesus, Maria e José na épica fuga para o Egito;
➡️Foram estudados nos arquivos historiográficos mais de oito crânios de São João Batista somente nos arredores da Alemanha;
➡️Nas regiões correspondentes à Itália e à Suíça havia cerca de onze pernas de Santo André e nove braços de Santo Estêvão.
Não é difícil perceber que em pouco tempo o culto das relíquias tomou uma proporção exagerada, principalmente após a tomada de Constantinopla durante a Quarta Cruzada, em 1204. Ossos, pequenos bocados de pano, garrafinhas com água do rio em que Jesus foi batizado, até saquinhos com o pó do qual Adão foi criado, eram peças comuns nos mercados do século 13. Em dada altura chegaram a contabilizar-se cerca de 700 “verdadeiros” pregos da cruz, o que só por si era um fato capaz de abalar o mais crente. Mais tarde Erasmo de Roterdã haveria de afirmar com ironia que os verdadeiros bocados da cruz chegavam para construir um navio. Só em Portugal, atualmente, há cinco igrejas que exibem supostos pedaços da cruz de Jesus. Recentemente, a Igreja Católica encomendou um estudo que descobriu que existem 4 milhões de centímetros cúbicos em relíquias da cruz, bastante aquem dos 178 milhões necessários para o volume de uma cruz razoável. Não há, portanto, que temer.
O papado tomou uma posição no fim do século 13, no Concílio de Lion, onde chamou a si a responsabilidade de diagnosticar a veracidade de todas as novas relíquias. Aparentemente, não foi suficiente, uma vez que em 1287 o Bispo Quivil de Exeter se viu obrigado a proibir de todo a veneração de todas as relíquias aparecidas nos últimos anos.
Com a evolução da ciência, muitas das relíquias já foram ou estão em risco de ser desmistificadas. Sobre o Santo Sudário de Turim, por exemplo, alegou-se ser uma impostura obra de um talentoso falsificador do século 14 (idade do pano obtida pelo método do carbono 14). Contudo, cientistas envolvidos na pesquisa levantaram a hipótese de que a composição do sudário pudesse ter sido alterada por uma série de incêndios aos quais a relíquia sobreviveu, além do próprio depósito de impurezas, tais como poeira e crescimento de bactéricas. Tais questões invalidam a datação por carbono 14 e a referida falsificação. Verdadeiras ou não, as relíquias continuam a fazer parte da tradição cristã, apesar do progressivo distanciamento da Igreja Católica em relação à importância teológica da sua veneração, justamente graças aos avanços das ciências.⚜️Classificação das relíquias
O catolicismo definiu uma classificação para as relíquias, que segue abaixo:
1. Primeira Classe: partes do corpo de um santo ou de uma santa – como ossos, unhas, cabelo etc.
2. Segunda Classe: objetos pessoais de um santo ou de uma santa – como roupas, cajado, terços, rosários etc.
3. Terceira Classe: pedaços de tecido que tocaram o corpo do santo ou da santa – como lençóis, travesseiro, móveis de uso pessoal etc.
É interessante pontuar que algumas relíquias popularmente famosas ainda não são reconhecidas pela Igreja, como o famoso Sudário de Turim, que teria envolto o corpo de Cristo logo após Ele ter sido descido da cruz. Entretanto, há na Europa uma quantidade enorme de relíquias que vêm dos tempos medievais, quando ainda havia o comércio enorme destas peças. Entretanto, é digno de nota, que atualmente é proibido, sob pena de excomunhão, vender, trocar ou exibir para fins lucrativos relíquias de primeira e segunda classe – as de terceira classe não importam tanto para a Igreja, pois podem ser fonte de embustes.Resumindo, não podemos ter certeza absoluta da autenticidade de todas estas relíquias, é um impasse entre a fé e a ciência, mas a intenção aqui é conhecer essas relíquias e saber aonde estão para que possam ir visitar.
Apreciem!
1-) Fragmentos Da Cruz
Há fragmentos da Verdadeira Cruz em várias igrejas ao redor do mundo. Os fragmentos na foto acima estão na Fazenda Imperial, em Viena, Áustria.
2-) O Prego Sagrado
Este é um dos pregos usados na crucificação de Jesus (procure perto do topo), mantido na Catedral de Bamberg, Alemanha.
3-) O Santo Cálice
Acredita-se que este foi o cálice utilizado por Cristo na Última Ceia para instituir a Eucaristia. Ele é mantido na catedral de Valência, Espanha.Este vaso sagrado é formado por um copo de cristal de ágata, uma base e duas alças. O que se sabe é que somente o copo de cristal de ágata teria sido usado por Jesus. A base e alças com pedras preciosas foram inseridas durante a época medieval.
Segundo o Pe. Jaime Sancho, custódio do Santo Cálice na Catedral de Valência, o estudo mais completo deste objeto foi realizado em 1960 e demonstrou que existe um alto grau de provas que confirmem a autenticidade desta relíquia.“Nenhum estudo arqueológico posterior desmentiu esta pesquisa. É o único cálice que resistiu a críticas e investigação histórica”, assegurou o Pe. Sancho em entrevista concedida ao Grupo ACI em julho de 2016.
4-) A Túnica de Jesus
Esta é a túnica de Cristo que os soldados romanos jogaram fora durante a sua crucificação. Ela é mantida na Catedral de Trier, Alemanha.
5-) A Lança Sagrada
Esta é a lança que perfurou o peito de Cristo quando Ele estava na cruz.. Esta guardada no Tesouro Imperial, em Viena, Áustria.
6-) Os Presentes dos Reis Magos
Ouro, incenso e mirra. Eles são mantidos no mosteiro de São Paulo, no Monte Athos, na Grécia.
7-) A Coroa de Espinhos
Jesus usou durante a sua paixão e crucificação. Esta na catedral de Notre Dame em Paris, França.Ela está na Notre Dame de Paris. Porém, a princípio, foi construída a Saint Chapelle para abrigá-la, que, na minha opinião, é a mais maravilhosa Capela que já vi na vida. Eu já falei sobre ela nesse post, ficou bem interessante, recomendo a leitura! 👍🏼
https://blogdavanessageraldeli.wordpress.com/2018/04/16/a-coroa-de-jesus-cristo-na-notre-dame-e-um-pouco-da-historia-de-paris-por-traz-do-glamour/amp/
8 -) A Coluna da Flagelação
Este é o lugar onde Jesus foi amarrado quando foi açoitado durante sua paixão. Ele é mantido na Basílica de Santa Praxedes, em Roma, Itália.
9-) Um Frasco com o Sangue de Jesus
Esta na Basílica do Sangue Sagrado em Bruges, Bélgica.
10-) O Título Da Cruz
Esta é o sinal que pendia sobre Jesus na cruz dizendo que ele era o “rei dos judeus”. Ela está na Basílica da Santa Cruz de Jerusalém, em Roma, Itália.
11-) O Santo Sudário
Acredita-se que seja o tecido que cobriu o corpo de Jesus Cristo após sua morte, no sepulcro. Ele é mantido na Catedral de São João Batista em Turim, Itália.Então pessoal, essas são as relíquias na Europa, um tour por esses locais não seria nada ruim, pelo contrário, vale a pena conhecer de perto e tirar suas próprias conclusões acerca do tema!
Além de ser um local de peregrinação, são igrejas belíssimas, que recomendo visitar! A Notre Dame de Paris é magnífica, não tem como não ficar encantado com sua beleza, magnitude e detalhes arquitetônicos, sem falar na missa aos domingos com canto gregoriano, suas gárgulas e ainda o jardim a sua volta com lindas árvores e flores.
Espero que gostem e até breve!
Beijos 😘
Vanessa 🌻
Fontes
https://pt.churchpop.com/11-reliquias-incriveis-da-historia-da-vida-de-nosso-senhor-jesus-cristo/
http://fatoefarsa.blogspot.com/2013/08/reliquias-santas-um-verdadeiro.html?m=1

Um comentário sobre “As Relíquias de Jesus Cristo espalhadas pela Europa! ⚜️

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s