A História das duas Bolsas Ícones da Hermès – Kelly & Birkin

Bonjour mes amis, ça va bien? 
Hoje vou falar sobre uma marca ícone no mundo da moda, ela é uma super potência no mercado de luxo, suas bolsas são objetos de desejo, um luxo para poucos e acredite, um investimento muito lucrativo, me refiro a Hermès, vem comigo! A Hermès é  marca de moda imersa em história e tradição, provavelmente uma das mais desejadas do mundo quando pensamos em luxo e exclusividade, desde os primórdios da montaria e dos finos artigos equestres de couro, até as famosas bolsas Hermès atuais, a Hermès é conhecida por uma variedade de itens de alta costura. Eles possuem vários produtos, mas duas bolsas se destacam, a Birkin e a Kelly, vocês sabem quem são as donas desses nomes? 
Simplesmente Jane Birkin e Grace Kelly. 
Jane Mallory Birkin é uma atriz e cantora inglesa que vive na França, tendo atuado no cinema de ambos os países. Foi casada com um dos cantores que mais gosto na França, o Serge  Gainsbourg e eles são pais da também atriz Charlote Gainsbourg.  Jane cantou com Serge a música « Je t’aime, moi non plus », eu adoro essa música!Ja Grace Patricia Grimaldi, mais conhecida como Grace Kelly, foi uma atriz de cinema que, após estrelar vários filmes importantes no início da década de 1950, tornou-se Princesa de Mônaco ao se casar com o Príncipe Rainier III, em abril de 1956. A Princesa Grace  Kelly é um fenômeno até hoje, inspira mulheres do mundo todo, seu icônico vestido de noiva serve ainda como inspiração para muitas noivas, pois é atemporal.  E porque as duas principais bolsas da Hermès se chamam Birkin e Kelly? Vem comigo que te explico!

🟠BIRKIN

Confeccionada à mão, em diferentes padronagens e materiais, adorna os braços de estrelas de Hollywood, socialites, celebridades da moda, milionárias e influencers do mundo da moda.O nome da bolsa é uma homenagem à atriz inglesa Jane Birkin, que foi Casada com o compositor francês Serge Gainsbourg.Os dois faziam um par estilo “o gênio atormentado e a diva da vanguarda” e arrebentaram a boca do balão, botaram pra quebrar, abalaram Bangú com o hit « Je t’aime, moi non plus ».Imagine um casal cantando uma música que mais era uma relação sexual, com direito a muitos gemidos e sussurros, em plena década de 60, enfim, os dois abalaram, agrediram, mas arrasaram! Enfim, voltemos ao tema!
Jane Birkin
Conta-se que em 1983, no embarque em um voo que ia de Paris para Londres, Jane Birkin tentava acomodar sua bolsa abarrotada no compartimento superior, quando parte do que estava dentro caiu no chão. Enquanto a ajudavam a recolher seus pertences, ela reclamou da falta de um modelo em que coubesse tudo o que uma mulher precisa levar. Na poltrona ao lado, observando a agitação da atriz, estava Jean-Louis Dumas, diretor executivo da Hermès, que anotou secretamente a queixa dela. Foi assim que, por determinação dele, a equipe de estilo da Hermès teria criado a Birkin Bag, que chega a ter 50 centímetros de comprimento e mais de 40 cm de altura.A bolsa pode custar até R$ 1 milhão, quando é feita de couro de crocodilo e possui fecho de diamante, mas, mesmo para quem tem muito dinheiro, não é fácil conseguir comprá-la.O interessado precisa ser indicado por alguém, ou estar disposto a se submeter à seleção dos exigentes gerentes das lojas, que podem reprovar o potencial comprador; depois de passar por isso, a pessoa vai entrar em uma fila de espera que praticamente dá a volta ao mundo e reúne obcecados dos quatro cantos do Planeta. “É dificílimo conseguir uma Birkin, por isso existem muitas fakes por aí…

🟠KELLY

Grace Kelly é um dos maiores ícones de estilo e Glamour do século 20. Além de ter sido uma atriz premiadíssima (ela ganhou o Oscar por “Amar é Sofrer”), a Princesa de Mônaco era superelegante  e engajada: não tem como falar da norte-americana sem lembrar de seu trabalho como filântropa.

Ao contrário do que se pensa, a it bag já existia muito antes da Princesa de Mônaco circular com ela por aí. Grace adorava o modelo da grife francesa, que foi feito no final do século 19 para uso dos cavaleiros. Quando foi convidada pelo admirador e diretor Alfred Hitchcock, mestre do suspense, para fazer o filme “Ladrão de Casaca”, Grace – que já usava a bolsa – incluiu o modelo no figurino do filme. Em um dos red carpets em que brilhou em Hollywood, Grace Kelly conheceu o Príncipe Rainier de Mônaco e largou a carreira no cinema para poder se casar. Engravidou de sua primeira filha logo na sequência, a Princesa Carolina, e passou a ser seguida por paparazzi do mundo.
Para esconder a barriguinha de grávida, ela começou a cobrir o corpo com a bolsa da Hermès – e assim o acessório passou a circular pelos jornais e tabloides do mundo inteiro.

O resultado? O item da Hermès passou a ser um dos mais cobiçados da grife, o que fez com que a bolsa fosse rebatizada sob o nome de Kelly Bag.  Hoje em dia, a peça pode custar de U$ 10,9 mil até U$ 150 mil, dependendo do material que ela for feita. Simplesmente um desejo!

🟠A MANUFATURA

Na produção de todas as bolsas e malas da Hermes não se utiliza linha de montagem, em vez disso, um artesão individual dedica-se a em um produto por vez.O processo de criação de uma Kelly pode levar entre 18 e 24 horas, com o uso de materiais exóticos, costura à mão e detalhes cuidadosamente construídos, todos envolvidos durante essa manufatura. O primeiro passo do processo é a costura do forro, geralmente feito de pele de cabra. Após o forro, a base da bolsa é trabalhada com costura manual na frente e atrás com fio de linho de cera. O ponto usado é chamado de sela dupla, com a colocação da agulha durante cada ponto cuidadosamente selecionado. Antes de cada ponto ser criado, um pequeno buraco é perfurado, sendo que o tamanho do ponto determina o tamanho deste furo. Para certos tipos de couro, é necessário fazer alguns ajustes, tornando o processo ainda mais demorado.  Uma vez concluída esta etapa, a tradicional alça é adicionada ao corpo da bolsa, tudo feito à mão e com muita atenção aos detalhes.  O couro é suavizado com papel de lixar e tingido para combinar com a cor da bolsa, além de receber uma aplicação de cera quente para proteger a alça contra umidade e desgaste.

Em seguida, as partes metálicas, como os pinos da base, são adicionadas, todos anexadas por meio de rebites. Para finalizar, a bolsa é suavemente passada para remover rugas e o famoso logo “Hermes Paris” é estampado concluindo o processo.

🟠CURIOSIDADES 

➡️Atualmente, a Hermès vende um lenço de seda a cada 20 segundos

➡️Pesquisa realizada comprova que uma bolsa Hermès tem sido um investimento melhor do que ações da Bolsa de Valores ou Barras de ouro durante os últimos 35 anos.
➡️A Bolsa Birkin é a mais demorada na lista de acessórios de luxo hoje, podendo levar em torno de 6 anos para ser entregue!
➡️A Hermès tem 240 lojas pelo mundo, incluindo as famosas unidades da Wall Street e da Madison Avenue em NYC.
➡️Entre as famosas clientes da Hermès, estão: Madonna, Elle MacPherson, Todas as Kardashians, Victoria Beckham, Nicole Kidman, Beyonce e Julianne Moore. 
➡️O poder da marca atribui ao seu consumidor um status de glamour tão grande, que em algumas páginas no Instagram, a única coisa que a influencer faz é abrir caixas da Hermès e mostrar a bolsa nova que acabou de comprar e depois a mostra no closet ou, as vezes, mostra o seu look completo.
🟠BRASILEIRAS QUE ADERIRAM À MARCA

➡️ Marina Ruy Barbosa

➡️ Lalá Rudge
➡️ Luciana Gimenez
➡️ Thassia Naves
➡️ Ana Paula Siebert
➡️ Dilma Rousseff Sim, ela mesma, nossa ex presidente usava uma linda Hermès, na época perguntaram sobre a bolsa e seus interlocutores disseram que não era Hermès e sim, uma marca italiana chamada Francesco Rogani, mas sabemos que se trata de uma autêntica Hermès. São os prazeres do luxo e do capitalismo contaminando a todos
Existem muitos closets abarrotados de bolsas, muitas delas Hermès, não existem limites para cores e estilos.
A bolsa virou objeto de desejo, então existem mulheres que fazem coleção de diversas bolsas e das mais variadas cores, como exemplo vou citar a socialite de Singapura Jamie Chua. Ela simplesmente possui uma das maiores coleções do mundo, se não for a maior.

Para ver o closet de Jamie, clique aqui: Closet Jamie

Em Paris é muito comum encontrar mulheres usando a bolsa Hermès, em portas da escola, nas ruas e até em metrô, turistas ou não, ela realmente confere um estilo na pessoa, geralmente estão muito bem vestidas e os acessórios realçam ainda mais. No Brasil é mais difícil encontrar, encontramos mais facilmente nas grandes cidades o seu público fiel, afinal, uma Bolsa de 70 ou 80 mil reais são para poucos …

O mundo fashion é fascinante! Espero que tenham curtido! 
Bisous et à bientôt 😘

Vanessa 🌻

Fontes:

Hermès

Site uol
Revista Glamour

2 comentários sobre “A História das duas Bolsas Ícones da Hermès – Kelly & Birkin

Deixe uma resposta para Blog da Vanessa Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s